domingo, 7 de dezembro de 2008

SANS está quebrando a banca

Eu sempre associei a SANS a algo de bom nível. Nos últimos dias, no entanto, a turma de lá está realmente quebrando a banca.

Se não bastasse o alto nível dos treinamentos (infelizmente, do custo também) e dos materiais colocados à disposição, Rob Lee e companhia deram um passo a frente e criaram um blog que, desde agosto, vem arrebentando.

Artigos interessantíssimos, vários colaboradores e 90% dos posts sendo úteis e práticos; essa é uma receita de um blog de sucesso, que está atraindo a atenção de muita gente ligada na nossa ciência.

Coloque aí no seu bookmark, você não vai se arrepender: http://sansforensics.wordpress.com/

Recentemente, para não deixar barato, a turma de lá disponibilizou uma máquina virtual super bem bolada (SIFT), que é usada nos cursos de Forensics. A parte de um bom grupo de ferramentas, que inclui o novo PTK, a grandiosíssima sacação deles foi colocar diretórios pré-determinados para armazenar a imagem a ser analisada, e para o mounting point. A jogada é que esses dois diretórios pré-determinados são compartilhados via SAMBA. Daí, você pode montar uma imagem NTFS read-only nesse mouting point, alternar para a máquina real Windows, e mapear esses diretórios. O que você ganha com isso ? Simplesmente todos os arquivos da imagem estão montadinhos, read-only, e acessível para suas ferramentas Windows poderem fuçar.

Engenhoso, não ?

Alguém já está usando o SIFT em investigações e gostaria de compartilhar algumas impressões ?

Até o próximo post !

PS: É, deixei passar batido o assunto Futebol ... Afundaram a minha caravela, fazer o quê ??? Ano que vem a gente chega junto com um mega submarino nuclear ... :)

Um comentário:

S.S. disse...

Tony, eu já utilizei o VM SIFT e achei muito interessante.

Especialmente pela facilidade de atualização sobre Live-CDs e pela quantidade de programas/ ferramentas disponíveis (além do cheat sheet... ).

Concordo que nos últimos meses o SANS tem feito um ótimo trabalho!